Ação da Cidadania – 20 anos

‘Em 1993, Herbert de Souza, o Betinho, pronunciou a frase ao idealizar a “Ação da Cidadania contra a Fome, a Miséria e pela Vida” para arrecadar alimentos e denunciar que 32 milhões de brasileiros viviam abaixo da linha da pobreza. A “campanha” tornou-se política pública, as redes de solidariedade cresceram e a ONG ‘Ação da Cidadania’ não desapareceu. Ao contrário, está presente em 15 estados, com 756 comitês, atuantes de acordo com as necessidades de sua região, atendendo a mais 1 milhão de pessoas.

E para comemorar todas as conquistas alcançadas pela campanha, nasceu o livro Ação da Cidadania 20 anos. O livro – idealizado por Daniel Souza, filho do Betinho, hoje um dos que levam a organização à frente, e textos de Ana Redig e Nádia Rebouças – faz um relato histórico do país a partir do golpe militar de 1964, do surgimento do movimento social, das campanhas contra a fome, das casas da Ação, em Santa Teresa e no armazém na região portuária do Rio de Janeiro, e, principalmente, dos comitês da Ação da Cidadania, razão de ser da ONG. Assim como o caminho percorrido, o livro descreve também os próximos passos para o futuro da ONG.

Daniel Souza afirma, a obra Ação da Cidadania 20 anos é o retrato literário de quem tem pressa, porque hoje há outras fomes.’